Reader Comments

Cuidado Com A Queda De Cabelo

by Carlos Silva (2017-05-31)

 |  Post Reply

Dicas de Saúde e Bem estar para comprar melhores medicamentos e solucionar problemas físicos de saúde. Importante também saber que, em tratamentos de queda, principalmente nos casos de alopecia androgenética feminina, profissional a ser consultado é um médico tricologista (especializado em cabelos e couro cabeludo), ele quem irá descobrir motivo da queda e tratar com precisão, podendo receitar os anticoncepcionais certos para ajudar no tratamento. Shampoos, loções estimulantes e condicionadores antiqueda que são produzidos com substâncias que atuam diretamente no couro cabeludo e nas glândulas sebáceas (como a queratina e aminoácidos vegetais), são bastante eficientes em reduzir a ação microbiana e em favorecer crescimento dos fios de cabelo. Tratamento para cura da calvície 2018 ainda está em processo para ser licenciado em outros países, mas em países que já possuem a licença, aguardam lançamento do produto inovador, com nome RCH-01, que foi nomeado em países asiáticos, como a China, Japão e Coreia do Sul. Os descolorantes, tinturas e alisamentos químicos mexem com a estrutura dos fios, abrindo a cutícula capilar e dando acesso ao córtex ( clique aqui para entender como eles funcionam ). Durante a realização desses procedimentos cabelo fica extremamente exposto e frágil, e se eles não forem feitos corretamente os fios podem ficar opacos, porosos, ressecados e quebradiços. Falamos mais sobre as demais opções para tratamento da alopecia androgenética neste post aqui , mas estamos preparando mais posts falando das demais opções disponíveis neste mercado (sempre avisamos lá no Facebook e no Twitter quando chega conteúdo novo por aqui, e você também pode se inscrever pra receber notificações das nossas publicações por e-mail, no topo da barra à direita aqui na página). Vitor, como a finasterida atua através da inibição da conversão da testosterona em DHT, e esse mecanismo parece ser específico do processo de calvície no couro cabeludo (já que tipicamente a alopecia androgenética só se manifesta nessa região), não é de se esperar que medicamento gere qualquer interferência nos pelos do restante do corpo. No ano de 2014, alguns cientistas da Universidade de Yale tiveram êxito ao tratar um apciente que sofria de Alopecia Universal, tudo por meio do medicamento conhecido como Tofacitinib - ele conseguiu recuperar crescimento dos fios de cabelo, sobrancelhas, pelos pubianos e de todas as partes do corpo, tudo isso sem registro de efeitos colaterais. A alopecia pode durar meses ou anos, sem tratamento adequado, e está associada a diversos fatores: genéticos, condições alérgicas, enfermidades imunológicas como vitiligo, Vencendo a calvicie tireoide, lúpus, estresse ou até mesmo devido à presença de micro-organismos, até a queda parcial de pelos em todo corpo, pode afetar pessoas em qualquer idade.

Add comment